segunda-feira, 19 de maio de 2014

Quadrinhos é coisa séria!

Depois de começar a ler quadrinhos e de resenhá-los aqui, neste espaço, comecei a refletir sobre o preconceito que esse gênero enfrenta por parte de muitos leitores adultos. E digo, com pesar, que vivi muitos anos com esse mesmo pensamento de que “histórias em quadrinhos são para crianças, é ridículo um adulto aficcionado por HQs”. Por causa disso eu perdi anos de excelentes leituras e muita, mas muita diversão.

De acordo com o site Vitrine HQ, “História em Quadrinhos, Quadrinhos, Gibis e outras várias formas de nomenclatura, servem para descrever o modo de contar ou narrar uma história em forma sequencial com imagens e textos interagindo entre si dispostos em quadros esquematizados em uma ou várias páginas nos mais diversos estilos e gêneros”. O site informa também qual a diferença entre uma HQ e uma graphic novel:

Revistas Em Quadrinhos
A revista em quadrinhos, como é conhecida no Brasil, “comic book” como é geralmente conhecida nos EUA ou “mangá” como é chamada no japão, é o formato mais usado para a publicação dessas histórias, de séries noir e romances aos populares super-heróis.     
Graphic Novel
Este é o termo utilizado para descrever as revistas em quadrinhos com enredos mais longos e complexos, que geralmente são direcionados ao publico adulto. Mas este termo não é estritamente delimitado, Graphic Novel várias vezes é utilizado para edições com qualidades artísticas e de acabamento diferenciado, superior às demais histórias em quadrinhos.

É um engano pensar que HQs contam histórias apenas de super-heróis, super-vilões, caubóis e bandidos. Existem HQs dos mais diversos gêneros literários, que são feitas para adultos (inclusive muitas de super-heróis) e possuem enredos maravilhosos. Abaixo está uma lista de graphic novels que eu indico para aqueles que querem iniciar nesse fabuloso universo:


Sinopse: Londres. Cinco de novembro de 1997. 

Numa Inglaterra dominada por um regime totalitário, uma figura misteriosa chamada simplesmente V, usando vestimentas e uma máscara que evocam a imagem de um infame personagem histórico britânico, desponta no horizonte como a única chance de que haja liberdade novamente. Chegou a hora de alguém levantar a voz e dar um basta à situação vigente... 

A poderosa e aclamada obra concebida pelo genial escritor Alan Moore e o excepcional desenhista David Lloyd finalmente ganha uma edição à altura de sua importância, contendo a história completa, esboços originais, notas e uma detalhada explanação do autor sobre a criação desta maravilhosa HQ. 

Um verdadeiro marco na história da narrativa gráfica, V de Vingança é um hino à resistência e à necessidade de liberdade. Sua importância é tão grande que até hoje é apontada como uma das melhores publicações do gênero, tendo, inclusive, influenciado os irmãos Wachowski (criadores da trilogia Matrix) a produzir um excelente filme baseado na obra.



Sinopse: Maus ("rato", em alemão) é a história de Vladek Spiegelman, judeu-polonês que sobreviveu ao campo de concentração de Auschwitz, narrada por ele próprio ao filho Art. O livro é considerado um clássico contemporâneo das histórias em quadrinhos. Foi publicado em duas partes, a primeira em 1986 e a segunda em 1991. No ano seguinte, Maus ganhou o prestigioso Prêmio Pulitzer de literatura. A obra é um sucesso estrondoso de público e de crítica. Desde que foi lançada, tem sido objeto de estudos e análises de especialistas de diversas áreas -história, literatura, artes e psicologia. Nas tiras, os judeus são desenhados como ratos e os nazistas ganham feições de gatos; poloneses não-judeus são porcos e americanos, cachorros. Esse recurso, aliado à ausência de cor dos quadrinhos, reflete o espírito do livro: trata-se de um relato incisivo e perturbador, que evidencia a brutalidade da catástrofe do Holocausto. Spiegelman, porém, evita o sentimentalismo e interrompe algumas vezes a narrativa para dar espaço a dúvidas e inquietações. É implacável com o protagonista, seu próprio pai, retratado como valoroso e destemido, mas também como sovina, racista e mesquinho. De vários pontos de vista, uma obra sem equivalente no universo dos quadrinhos e um relato histórico de valor inestimável.


Sinopse: Marjane Satrapi tinha apenas dez anos quando se viu obrigada a usar o véu islâmico, numa sala de aula só de meninas. Nascida numa família moderna e politizada, em 1979 ela assistiu ao início da revolução que lançou o Irã nas trevas do regime xiita - apenas mais um capítulo nos muitos séculos de opressão do povo persa. Vinte e cinco anos depois, com os olhos da menina que foi e a consciência política à flor da pele da adulta em que se transformou, Marjane emocionou leitores de todo o mundo com essa autobiografia em quadrinhos, que só na França vendeu mais de 400 mil exemplares. Em Persépolis, o pop encontra o épico, o oriente toca o ocidente, o humor se infiltra no drama - e o Irã parece muito mais próximo do que poderíamos suspeitar.



Sinopse: Na metade da década de 80, a DC deu liberdade total a Frank Miller (Batman: Ano Um) para escrever O Cavaleiro das Trevas, que se tornaria uma das minisséries mais marcantes da extensa vida editorial do Homem-Morcego. Vários anos depois, atendendo ao apelo de milhares de leitores e da própria editora, o autor produziu uma segunda saga centrada no mesmo universo. 

E são essas duas aventuras completas que a Panini tem orgulho em trazer ao Brasil, numa edição encadernada com todo o luxo que merece, contendo diversos extras: esboços, capas originais, trechos de roteiro e muitas outras surpresas.


Sinopse: Uma das Graphic Novels mais influentes de todos os tempos e um eterno bestseller, WATCHMEN só cresceu em estatura desde sua publicação original, como minissérie, em 1986. Esta edição de luxo, com capa dura, papel especial e formato diferenciado, traz a lendária saga escrita por Alan Moore e desenhada por Dave Gibbons, totalmente recolorida digitalmente por John Higgings, o colorista original. Não apenas isso, o volume de 460 páginas também apresenta uma quantidade de extras jamais vista no Brasil, trazendo trechos do roteiro original, esboços de Gibbons, comentários sobre os personagens, textos dos criadores e mais. Uma edição primorosa que não pode faltar na estante de nenhum colecionador. O ano é 1985. Os Estados Unidos são uma nação totalitária e fechada, isolada do resto do mundo. A presença de arsenais nucleares e dos chamados super-heróis mantém um certo equilíbrio entre as forças do planeta... até que o relógio do fim do mundo começa a marchar para a meia-noite e a raça humana para um abismo sem-fim. A sombria e inigualável trama tem início com ilusões paranóicas do supostamente insano herói Rorschach, um dos Watchmen que patrulhavam os EUA décadas atrás. Mas ele estaria realmente insano ou na verdade teria descoberto uma sórdida conspiração para assassinar super-heróis -- ou, pior ainda, milhões de civis inocentes? Fugindo da lei, Rorschach junta-se a ex-companheiros do passado em uma desesperada tentativa de salvar suas próprias vidas... e o que acabam descobrindo, além de abalar suas estruturas, poderá alterar o próprio destino do planeta Terra! Seguindo duas gerações de heróis mascarados, desde a Segunda Guerra até os tensos anos da Guerra Fria, surge esta pioneira epopéia de ódio, amor, reencontros impossíveis, grandes reviravoltas e muita ação, como só a criatividade de Alan Moore e Dave Gibbons poderia conceber! WATCHMEN foi considerada pela revista TIME uma das cem melhores obras em língua inglesa de todos os tempos.


Aqui tem uma lista muito interessante dos 100 melhores quadrinhos de todos os tempos, de acordo com uma pesquisa feita pelos leitores do site americano autor da pesquisa, Comic Book Resource. Muitas HQs daquela lista estão na minha lista de próximas leituras.

Para comprar HQs eu indico os sites Americanas, Submarino, Extra e Ponto Frio. Esses dois últimos cobram um frete super barato: R$ 0,99! E a entrega é super rápida. Comprei a HQ Nêmesis no Extra na semana passada e foi tudo de bom. Esses grandes sites oferecem um preço muito melhor do que sites especializados. Algumas HQs esgotadas, no entanto, só podem ser encontradas em sites especializados ou no Mercado Livre. Mas prepare o seu bolso!

No site HQBR você pode ler um monte de quadrinhos Online, inclusive alguns dos citados na minha lista de indicações. 

Permita-se aventurar nesse fantástico mundo das HQs! Até a próxima.