quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Resenha: Last Hero Inuyashiki Vol. 1, Hiroya Oku, Kodansha

País de Origem: Japão
Ano de Publicação: Janeiro de 2014
Ano da edição brasileira atual: ainda não foi publicado no Brasil
Tradução: Manga Host
Volumes até o momento: 5
Coleção: Last Hero Inuyashiki
Demografia: Seinen

Sinopse: Ichiro Inuyashiki tem pouca sorte. Enquanto está com apenas 58 anos de idade, sua aparência geriátrica muitas vezes o faz ser descrito como um homem velho patético pelo mundo ao seu redor e ele é constantemente ignorado e desrespeitado por sua família, apesar de tudo o que tem feito para apoiá-los. E o pior de tudo é que o seu médico revelou que ele tem câncer e parece ter pouco tempo de vida neste mundo. E quando parece que as coisas não poderiam ficar piores, uma luz ofuscante no céu à noite atinge o local exato onde Ichiro estava. Mais tarde, ele acorda incólume, mas logo começa a perceber que há algo... diferente em si. No entanto, perece que estas estranhas mudanças são apenas o que Ichiro precisa para ter um novo sopro de vida e agora parece que não há nada para impedi-lo de ser um herói digno do respeito que ele nunca teve antes... a menos que haja alguém lá fora com essas mesmas "mudanças”.

Fonte: Tradução Livre do GoodReads


MINHA EXPERIÊNCIA DE LEITURA

Já reparou que quando gostamos de um determinado título (seja livro, comics ou mangá) começamos a procurar outro com temática ou estilo semelhante? Foi o que aconteceu comigo ao ler Parasyte. Fiquei sabendo de um título recente, ‘Last Hero Inuyashiki’, cujo plot basicamente é: Inuyashiki é um cara de 58 anos que se sente fracassado e muito mais velho do que é de fato, além de ser constantemente desrespeitado pela família, presencia atividade extraterrestre e é morto sem querer pelos alienígenas que, para não deixarem pistas do seu aparecimento, reconstroem o seu corpo. Só que agora o nosso protagonista não é mais só um homem normal, mas uma espécie de ciborgue.

O mais interessante deste primeiro volume é o contexto familiar do protagonista, que nos leva à reflexão sobre a nossa relação com os idosos. Apesar de poucas cenas e diálogos aqui, o mangaká Hiroya Oku (autor do muito elogiado ‘Gantz’, indicado na nossa lista de ‘Melhores mangás de ficção científica’) trabalha muito bem o começo da construção dos personagens, e fica claro, ao final da leitura, que se trata de uma obra que vai além de um mangá de ação. Mas pode-se esperar muitas cenas de ação nos próximos volumes, cuja amostra já foi dada aqui em um capítulo de tirar o fôlego (e que possui também uma interessante e afiada crítica social).

DESENHOS

Os traços de Hiroya Oku são extremamente detalhados, bonitos e realistas. Tanto os traços humanos quanto máquinas são retratados com perfeição.




VEREDITO

'Last Hero Inuyashiki' é um mangá bonito, gostoso de ler, com uma crítica social relevante (e sem pieguice) e um plot curioso e muito interessante. O protagonista é um Walter White (Breaking Bad) sem a piração e com super poderes. Se eu fosse de alguma editora do Brasil estaria de olho nesse título. 

Leitura recomendada!

Nota:
5/5